Que as pedras ajudam a curar doenças físicas, nervosas e mentais não é uma ideia nova. Hildegard von Bingen, no século XII, foi a primeira pessoa a escrever sobre os efeitos das pedras curativas.
Um dos seus livros é unicamente sobre pedras, e ainda é uma das bases para a cristaloterapia moderna.

A principal razão do poder das pedras é a radiação.
Os átomos num cristal oscilam com um ritmo muito preciso e geram uma radiação que entra em interação com as correntes nervosas do corpo.

O efeito das pedras acontece sobretudo através da pele, que está conectada a todos os órgãos através do sistema nervoso. Quando as pedras tocam na pele, os impulsos das radiações são transmitidos aos órgãos conectados.
Estes reflexos influenciam o metabolismo, a regulação hormonal, a condução nervosa e o sistema imunológico.

 

Um tratamento pode ser indicado quando houver um dos seguintes sintomas:
Problemas ou Incómodos Físicos
Desequilíbrios Emocionais
Falta de Energia ou Cansaço
Ansiedade, Depressão ou Sintomas de Stress
Acompanhamento de Terapias Médicas
Aumento do Desempenho Profisssional ou Desportivo
Preparação para Provas ou Competições

 

Condições especiais para estudantes e desempregados.