Bioenergética


Tudo que existe, desde o mundo subatómico e quântico até aos movimentos dos planetas e das estrelas, somente existe graças aos mecanismos elétricos e aos campos eletromagnéticos que estes criam. O corpo humano não é uma excepção. Todos os processos metabólicos baseiam-se em química, que não é nada mais do que interações entre os campos eletromagnéticos de moléculas. Qualquer movimento muscular é provocado por descargas elétricas, como também toda a atividade nervosa utiliza a eletricidade como meio de transmissão, para nem falar do cérebro que é um conjunto infinitamente complexo de cargas e descargas eletromagnéticas.

O ser humano é uma rede dinâmica de estruturas energéticas. Umas das âncoras que mantêm esta estrutura no lugar são os chacras. Cada chacra filtra, atrai, repele, inspira e expira um tipo específico de energia. Cada chacra tem a sua cor, sua pedra, suas substâncias e suas plantas. Qualquer tratamento para equilibrar ou harmonizar trabalha com os chacras. Também os próprios meridianos são âncoras que mantêm a estrutura energética. O tipos de energia que atuam aqui são descritos como elementos, por exemplo fogo, terra ou água. Adicional a esta classificação, existem duas maneiras fundamentais da energia se manifestar e atuar, que é o Yin e o Yang. Cada meridiano e cada elemento está relacionado com certos órgãos, músculos, pensamentos, emoções e atitudes, como igualmente tem as suas cores, plantas, cristais e substâncias associadas.
Todo este sistema complexo deve funcionar em equilíbrio.